Suzana M. Motta
 


Sei ...
só não sei porque
penso em você tanto assim...

Passo a noite em claro,
e seu rosto raro lembra o luar,
que penetra no escuro do quarto
pelas frestas da janela.

Olho os fios de cetim,
que cintilam no escuro...

Agora sei...

Sei porque penso em você tanto assim,
e adormeço feliz,
por conseguir saber enfim...


(Repasse com os devidos créditos)
Poesia exclusiva do site

 








*Laur@´s Poesias





Voltar para Poesias 3


|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||




 

Gostou desta Página?
Recomende para um Amigo!
CLIQUE NA IMAGEM PARA RECOMENDAR A PÁGINA!


Get a MIDI Plug-in



*******************

Revisão de Texto: IZA/Imagemn Autorizada por:"Painted Lady Gallery"
Webmaster & Design by Iraima Bagni/Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados.
Editada em: 11/03/2001