Suzana Motta
 

Onde foram parar meus sonhos?
Sonhos...
meu refúgio, meu porto seguro.
Lugar imaginário...
local da minha liberdade,
do meu ser e existir...
Onde posso ser o que eu quiser,
até ser eu mesmo.

Sonhos, onde a imaginação liberta-se,
nos completa, nos conforta,
nos consola, nos impele...
Onde nossas forças renovam-se,
dando-nos o vigor necessário
para enfrentar a realidade.

Que foi feito dos meus sonhos?
Onde ou quando os perdi?

O dormir agitado me diz que ainda sonho.
Mas, porque não me lembro mais deles?

Daqueles remansos coloridos,
serenos, cuja luminosidade
preenchia todo meu ser.

Onde toda a tristeza,a insatisfação
acabava sendo tragada
e sumia na beleza das cores e luz
emanadas do infinito,
que estava dentro e fora de mim.

Sonhos...
onde eu podia ser protagonista
e espectador ao mesmo tempo.
Ator, diretor e escritor
de um enredo que era como se fosse
um ensaio, um treino para poder viver a realidade.

Onde estão meus sonhos?
Eu os quero de volta;
Eu preciso continuar a viver...
 

(Repasse com os devidos créditos)
Poesia exclusiva do site
 







*Laur@´s Poesias




Voltar para Poesias 3


|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||



Gostou desta Página?
Recomende para um Amigo.
CLIQUE NA IMAGEM PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 

Créditos: Imagem composição: Webshots
Editada em:30/06/2004

Get a MIDI Plug-in