Rubens Cesar Luca Alvares



Seus beijos ainda estão gravados
Nos lábios sedentos.
Sua imagem ainda está gravada
Na memória, transcende.
Seu corpo ainda habita o meu
Na fantasia.
O coração ainda bate
Quase parando.
O pensamento ainda vôa
A procura do seu.
O amor ainda vive
Nunca morreu.
meu Deus!
Como a amo.

(Repasse com os devidos créditos)
 







*Laur@´s Poesias



Voltar para Poesias 3



|| Home Page || Menu Principal ||
Menu das Poesias ||



Gostou desta Página?
Envie para um Amigo!
CLIQUE NA IMAGEM PARA RECOMENDAR A PÁGINA!



Get a MIDI Plug-in


Créditos: Revisão de Texto: IZA / Imagem: Creative Dust Gallery
Webmaster Iraima Bagni /
 Design Suzana motta
*Laur@´s Poesias® 
Copyright © 1999 &2004 - Todos os direitos reservados.


Página editada em: 11/01/2004