Estações do Amor

Marlon Schirrmann

No inicio,
Tudo é primavera,
Parece que tempera,
A vontade de se olhar.

Depois de algum tempo,
Tudo é verão,
Parece esquentar a relação,
Teu corpo é meu propósito.


Os meses passam,
Tudo é outono,
Começa o transtorno,
As folhas caem.


Por fim, 
É inverno,
O amor já não é tão eterno,
Aproxima-se o separar.


Mas por sorte,
O tempo segue,
E a primavera consegue,
Reaproximar este (tão desejado) olhar.


(Repasse com os devidos créditos)

 







Laur@´s Poesias
 

Voltar para Poesias 3




|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||



 

Gostou desta Página?
Recomende para um Amigo!
CLIQUE NA IMAGEM PARA RECOMENDAR A PÁGINA!

 

Get a MIDI Plug-in


  Revisão de Texto: IZA / Sopreposição de  Imagens: Gallery-nude.com
 Webmaster Iraima Bagni / Design by Suzana Motta
 Copyright © 1999 /2003 *Laur@´s Poesias® / Todos os direitos reservados.



Editada em: 30/08/2003