Patrícia Neme


 

Eu hoje acordei com saudade.
E, assim como quem procura,
na gaveta da ventura,
entre mil e um guardados...
achei o teu rosto amado,
no agora, amanhã, no passado,
dos sonhos,
o mais sonhado,
minha mais doce ilusão.
E sem temer tempo ou idade,
envolta em doce loucura,
me dei a ti com ternura,
me dei a ti sem cuidados,
num ato,
tão encantado,
que o Tempo,
de emocionado,
deixou o mundo parado...
e dormiu na minha mão!

     (Repasse com os devidos créditos)

   














*Laur@´s  Poesias



Voltar para Poesias 2



|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||




Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.

 


Get a MIDI Plug-in






Imagem: Webshots / Webmaster & Design by Iraima Bagni
Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados.
Editada em: 18/11/2000