Viviåne


 

Saudade de quando éramos só nós,
Saudade de quando só existia um mundo...o nosso,
E só existiam duas pessoas a nele viver
Você e eu!

Saudade...
Quando só nós dois nos bastávamos
Quando tudo era uno
Quando o uno era tudo
Você e eu!

Saudade...
De rir com você
De sentir prazer apenas pela sua presença
De saber que nunca estava só
Indelével amor era o nosso


Saudade...
Daquela tosca e ingênua visão do amor
Você foi e levou consigo meu ser
E deixou comigo a única coisa que sei da vida
Que só vale a pena vivê-la quem tem a quem amar!
Volte, meu amor, para que eu possa voltar a viver!

(Repasse com os devidos créditos)

 













Voltar para Poesias 2



|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||






Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.



Get a MIDI Plug-in





Imagem: Webshots / Webmaster & Design by Iraima Bagni
Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados.
Editada em: 08/06/2000