Marcial Salaverry
 


Frente a frente, a mirar,
Vendo seja o que for,
Pelo fogo do olhar...
só pode ser o amor.
Amor que se adivinha,
Após o primeiro beijo
Lábios colados que dizem
Eu te amo... eu te desejo...
Num abraço apertado,
corações se unem,
descobrindo o amor,
nos sentimentos que surgem.
Nessa descoberta do amor
Corpos ficando nus
Pulsação acelerando
Desejo aumentando
Fusão dos corpos, num
delírio supremo, a compor
com loucura que alucina,
uma poesia de amor.

(Repasse com os devidos créditos)












Voltar para Poesias 2



|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||







Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.





Get a MIDI Plug-in





Créditos: Revisão de Texto: IZA / Sobreposição de  Imagens: Loving You
Webmaster & Design Iraima Bagni / Copyright © 1999 / *Laur@´s Poesias® / Todos os direitos reservados.


Editada em:13/04/2002