Valdez

 

Tu me beijas... Eu te beijo,
Numa troca sem pudor...
Tu me matas de desejo...
Sou infeliz trovador!

A aurora dos teus penhascos
Volteio feito condor...
Teus lindos olhos, carrascos,
Porfiam na minha dor...

Estrela guia da sorte,
Inebriante licor,
Se desejas minha morte...
Que a morte seja de amor...

(Repasse com os devidos créditos











Voltar para Poesias 2



|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||






Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.

 

 


Get a MIDI Plug-in





Imagem: Webshots / Webmaster & Design by Iraima Bagni 
Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados.
Editada em: 23/09/2000