Flávio®



Sensível aos deslizes, tão cheia de esperança
manténs na lembrança
os momentos felizes...

Tão amiga e humana, tão mãe e mulher,
sabendo o que quer
manténs acesa a chama...

Tão tímida e recatada na aparência que se vê,
mas, quando na emoção clama,
se apaga a mulher fechada...

Vibrando na palavra, o teor do sentimento,
me excitou no momento
em que quis, de corpo e alma, ser penetrada...

Ah! Quão profundo tocou minha alma
aquele manifesto de gozo, ternura e tormento...
Te vi em meus braços tão desamparada
procurando o calor que se fora com o tempo...

Minha doce e meiga " Cinderela"
a procura do teu encantado príncipe,
me fez em um gesto puro e simples
admirar o quanto és bela!

Sinta minha mão sobre a tua querida....

(Repasse com os devidos créditos)

 













Voltar para Poesias 2



|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||







Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.




Get a MIDI Plug-in





Revisão de texto:Iza/Imagens: "The Art of William Whitaker" / Webmaster & Design Iraima Bagni
Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados.


Editada em:13/09/2001