SAUDADE

Fátima Irene Pinto

Saudade é reviver cada momento, 
sentir as mesmas emoções 
sem cogitar que tudo se passou há tanto tempo.


Saudade é acordar de manhã 
e ter para o ente amado, o primeiro pensamento 
e os demais, que vão invadindo a mente 
pelo resto do dia.


Saudade é envidar todos os esforços para esquecer 
sem contudo perder a mania 
de retomar os restos tangíveis que permaneceram, 
com os olhos marejados 
e descobrir que estes "restos tangíveis" estão vivos 
e são ainda o nosso maior e melhor legado.


Saudade é ter a impressão de que nada aconteceu 
que ele não partiu, não traiu ou morreu 
e que, a qualquer momento, 
não importa se aqui ou além 
se nesta ou em outra vida,

Retomaremos o trajeto interrompido 
pelo revés inesperado 
e estaremos de novo 
caminhando 
lado a lado !


(Repasse com os devidos créditos)

 













Voltar para Poesias 2


|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||





Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.



Get a MIDI Plug-in





Revisão de Texto: IZA/Sobreposição de Imagens: WebShots
Webmaster & Design Iraima Bagni / Copyright © 1999
*Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados.


Editada em:12 /06/2001