Sergio Murilo



De um encontro inesperado
Surge uma atração fatal
Dois corações, lado à lado
Separados pela distância virtual

Olhos vidrados, reluzentes
Ouvidos atentos, com a mais pura lucidez
Inspiram um ato consciente
Palavras escritas, inundadas de timidez

Dois sentimentos verdadeiros
Dois corpos transbordando em desejos
Duas bocas, dois lábios sorrateiros
Que sonham por um momento de almejo

Suor que escorre na pele úmida
Dedos que tocam teclas com harmonia
Como tocassem teu corpo
Hummm ! isso é o que eu mais queria

Nesta ânsia por uma ocasião real
Segundos, minutos, horas incontáveis
Toma conta de mim, de modo natural
Um prazer de cobiças insaciáveis

Por saber que poderei ver-te
Por saber que poderei enfim tocar-te
Por saber que poderei ter-te
Por saber que poderei por fim amar-te.

(Repasse com os devidos créditos)

 













Voltar para Poesias 2



||
Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||








Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.


Get a MIDI Plug-in




Revisão de texto: Iza / Imagem: WebShots/Webmaster & Design by Iraima Bagni
Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados


Editada em: 12/07/2000