Surgiu na minha vida
Tão derrepente
Não pediu licença
Só foi entrando
Fez moradia no meu coração
E ai ficou morando
Eu deixei morar
Assim como você entrou
Um dia você saiu
Deixando um vazio
Que agora é difícil
De suportar
Amor, volte para
Este coração
Que aqui e teu lugar
Não procure corações
alheios que pode se
machucar
Volte para este coração
Que por você vive se lamentar
Que por você chora e sofre
E é só você que pode curar.

(Sbragion)













*Laur@´s Poesias
 


Voltar para Poesias 1


 

Gostou desta página?
Recomende para um Amigo(a)


Get a MIDI Plug-in




Webmaster & Design by Iraima Bagni/ Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®.
Todos os direitos reservados.
Editada em: 23/06/2000