Jane Lagares®


Mãos,
acenos de querer...
Braços abertos para ser...
Coração resistindo, 
o novo,
o que vem..
Velhos hábitos,
velhos batimentos cardíacos,
Velho amor...
Novo como sempre foi...
residente em mim...
O outro vem,
etapas da conquista,
Dá carinho, atenção..
Promete em silêncio a cumplicidade...
o companheirismo de amar...
Diz das coisas de seu coração,
aflito ,agora, pelo meu...
E, o meu coração não se move.
Não ouve, 
Não ousa...
O meu coração continua parado.
Olhos sinceros lhe olham.
Mãos que apertam as suas , retirantes,
tímidas,
em terra estranha...
E, dizem:
Volte para a vida,
Volte a viver,
Você não vai mais sofrer...
Vou cuidar de você...
Você é uma bela mulher,
com tudo que um homem pode querer,
para ter,
para ser com você...
Solte o seu coração,
deixe-o aqui,
junto ao meu...
Ele lhe chama em aceno...
No palpitar de sua voz...
Não quero lhe perder de vista...
Eu só quero você...
Mas, seja inteira para mim,
Seja minha,
Deixe as lembranças,
deixe as tristezas...
Apenas venha...
Aceite o meu amor...
Quero!
Esperei por você,
Encontrei-a.
Deixe seu coração acenar para o meu.
Venha!!!!
Deixe-me lhe amar.

(Proibida cópia sem autorização)












*Laur@´s Poesias


Voltar para Poesias 1

 

Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.

 


Get a MIDI Plug-in



  Revisão de Texto: IZA/ Imagem: Franco Bargiacchi  "@nfiteatro" /Webmaster & Design by Iraima Bagni  Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®./ Todos os direitos reservados.
Página editada em: 25/03/2001