QUE JEITO?
José Antônio Gama de Souza



Pensei em amar... igual!
Mas... eu não sou igual!

Pensei em amar... diferente!
Mas... eu não sou diferente!

Pensei em amar... eterno!
Mas... eu não sou eterno!

Pensei em amar ... moderno!
Mas... eu sou moderno?

Pensei em amar ... romântico!
Mas... eu não sou... ou sou romântico?

Pensei em amar loucamente...
Mas eu não sou louco!!!

Pensei em amar assim, assim...
Mas... eu não sou assim!

Pensei em amar perdidamente...
Mas... é... sou meio perdido!

Pensei em amar platonicamente...
Mas, nem sempre sou platônico!

Pensei em amar inocentemente...
Mas, eu não sou definitivamente, inocente!

Pensei em amar como quem não quer nada...
Mas... eu quero tudo!

Pensei em amar com entrega total...
Mas... eu sou experiente!

Pensei, pensei, pensei ... e resolvi:
Amar, amar, amar...sem pensar!


(Repasse com os devidos créditos)

 









*Laur@´s Poesias




Voltar para Poesias 1



 

Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.



Get a MIDI Plug-in

 

 


Revisão de Texto: IZA Photo: Alec Baldwin WebShots
Webmaster & Design Iraima Bagni /Copyright © 1999*Laur@´s Poesias® 
Todos os direitos reservados.


Página editada em: 23/07/2001