Jane Lagares


Menino feio,
Escuta a minha voz...
Ei menino feio!!!
Menino que nos faz sofrer...
Que teve pouca paciência,
de me esperar crescer...
Menino feio!
Feio o que você fez!!!!
Fragmentou -nos,
deixou o meu amor...
Ele está aqui latente,
Não conseguiu ainda romper...
Que menino feio é você!
Trouxe dor aos nossos corações,
Deixou a minha mão estendida,
meu corpo te querendo,
meu mundo, enfim...
Viajou, foi-se...
mas esqueceu de se levar...
Você está aqui tão presente,
tão em mim, que dói...
O estar e não se fazer ver, sentir,
é uma desilusão...
Porque na verdade, menino feio,
Eu te vejo, sinto, busco
e não te alcanço...
Sinto você me buscando,
Sinto a sinergia que sempre tivemos,
sinto nossos beijos...
acaricio lembranças.
Sinto tudo!!!!
Ei menino feio!
Porque ser tão racional?
Porque não esperar eu crescer???
Chamo-o de feio menino, então!!
Feio não é, eu sei, apenas a ação,
de me deixar aqui te amando,
de me amar também,
em nome de uma razão...
Feio meu menino, você nunca foi não...
Você foi, é, e sempre será uma linda poesia,
uma linda canção...
Admiro-o menino,
Isso não muda,
Você é a inspiração de meus versos,
sejam de protestos, de mudanças, de amor, de desejos, de luta, de dor...
Você é um menino lindo,
Instalou-se, tatuou minha alma,
meu ser,
ser sua..
Meu coração!!!!
Ei, menino feio!!!!!

(Proibida cópia sem autorização)










*Laur@´s Poesias

 

Voltar para Poesias 1




Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.



Get a MIDI Plug-in

*****************************

Créditos: Revisão: Iza / Imagem Autorizada: "Mário Vidor"

Webmaster & Design by Iraima Bagni Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados.
Editada em: 19/02/2001