Amor Platônico

FernandoT



P
orquanto estiver ainda
Em meu peito
Esse amor não finda
No entanto
Esse amor que é tanto
Vai perecer comigo
É o meu castigo
Jamais tê-la
Jamais perdê-la
E tê-la para sempre
A todo momento
Em meu coração
Em meu pensamento.

(Repasse com os devidos créditos)
 










*Laur@´s Poesias



Voltar para Poesias  1


 

Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.

 

Get a MIDI Plug-in


Créditos: Webmaster & Design by Iraima Bagni 
 Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®. / Todos os direitos reservados.
Editada em: 08/06/2000