Todo o Sentimento
(Cristóvão Bastos / Chico Buarque)


Preciso não dormir
Até se consumar 
O tempo
Da gente
Preciso conduzir
Um tempo de te amar
Te amando devagar
E urgentemente
Pretendo descobrir
No último momento
Um tempo que refaz o que desfez
Que recolhe todo sentimento
E bota no corpo outra vez.
Prometo te querer
Até o amor cair - doente- doente
Prefiro então partir
A tempo de poder 
A gente se desvencilhar da gente
Depois de te perder
Te encontro, com certeza
Talvez num tempo da delicadeza
Onde não diremos nada
Nada aconteceu
Apenas seguirei, como encantado , 
ao lado teu.













*Laur@´s Poesias





|| Voltar para Letras & Músicas || Menu Principal || Menu das Poesias ||





Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.



Get a MIDI Plug-in


Editada em:30/08/2001

Webmaster   Iraima Bagni & Design by Suzana Motta
Copyright © 2000/2001 *Laur@´s Poesias®
Todos os direitos reservados.

Créditos:
Imagem Autorizada por: Kirk   "Internettotal"
Arte Final Suzana Motta

>