Gostoso Veneno
(Alcione) 


Esse amor me envenena
Mas todo amor sempre vale a pena
Desfalecer de prazer
Morrer de dor
Tanto faz, eu quero é mais amor 
Esse amor me envenena
Mas todo amor sempre vale a pena
Desfalecer de prazer
Morrer de dor
Tanto faz, eu quero é mais amor 

Água da fonte
Bebida na palma da mão
Rosas se abrindo
Se despetalando no chão
Quem não viu e nem provou
Não viveu, nunca amou 

Se a vida é curta e o mundo é pequeno
Tô vivendo morrendo de amor, ah ah
Gostoso veneno 

Esse amor me envenena
Mas todo amor sempre vale a pena
Desfalecer de prazer
Morrer de dor
Tanto faz, eu quero é mais amor 

Esse amor me envenena
Mas todo amor sempre vale a pena
Desfalecer de prazer
Morrer de dor
Tanto faz, eu quero é mais amor 

Água da fonte
Bebida na palma da mão
Rosas se abrindo
Se despetalando no chão
Quem não viu e nem provou
Não viveu, nunca amou 

Se a vida é curta e o mundo é pequeno
Tô vivendo, morrendo de amor, ah ah
Gostoso veneno 

Se a vida é curta e o mundo é pequeno
Tô vivendo morrendo de amor, ah ah
Gostoso veneno

 










*Laur@´s Poesias



||
Voltar para Letras & Músicas || Menu Principal || Menu das Poesias ||





Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.


Get a MIDI Plug-in


Editada em:23/07/2001

Webmaster   Iraima Bagni & Design by Suzana Motta
Copyright © 2000 *Laur@´s Poesias® Todos os direitos reservados.

Créditos: Imagem:  Clipart PhotoImpact Webshots