A Paz
Gilberto Gil, João Donato

 

 

A paz 
invadiu o meu coração 
De repente me encheu de paz 
Como se o vento de um tufão 
Arrancasse meus pés do chão 
Onde eu já não me enterro mais 
A paz, fez o mar da revolução
Invadir meu destino, a paz 
Como aquela grande explosão 
Uma bomba sobre o Japão 
Fez nascer o Japão na paz 
Eu pensei em mim 
Eu pensei em ti 
Eu chorei por nós 
Que contradição 
Só a guerra faz 
Nosso amor em paz 
Eu vim, vim parar na beira do cais 
Onde a estrada chegou ao fim 
Onde o fim da tarde é lilás 
Onde o mar arrebenta em mim 
O lamento de tantos "ais".











*Laur@´s Poesias




|| Voltar para Letras & Músicas || Menu Principal || Menu das Poesias ||





Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.

Get a MIDI Plug-in
 


Créditos:Imagem  Revista Tva/ Design by Suzana Motta
Webmaster Iraima Bagni/ Copyright © 1999 *Laur@´s Poesias®./ Todos os direitos reservados.

Editada em: 27/04/2001