BELEZAS DO NORDESTE 
JCoutinho Amorim
 

Um lugar de cajueiros, mangabeiras e coqueirais,
Um lugar delicioso das sombras de manguezais,
Águas azuis transparentes, com um gostinho de sal,
De brisa leve e cantante, embalando um sonho real.

Aquelas águas espumantes, refletindo o sol a pino,
Acariciam as areias como u'a mãe ao menino,
E nuvens soltas, passando, formando caricaturas,
Tingem o azul do nosso céu com sua doce brancura.

À tarde um ponto branco contra o céu avermelhado,
Se balançando nas águas qual potro bravo encilhado,
Trazendo lá dos razinhos, muitos peixes e esperança,
É a jangada e jangadeiro, que navegam em confiança.

Como a olhar o horizonte, as velas soltas ao vento,
Agitando o pano branco contra o azul do firmamento,
As jangadas ali paradas como se estivessem a descansar, 
È mesmo um belo contrataste com aquele quebra mar.

Nas manhãs ensolaradas muitos banhistas a nadar,
Que depois buscam as areias para a pele bronzear;
O mar, o sol, o céu azul, tudo ali é beleza,
As nossas praias refletem o esplendor da natureza.

À noite em grandes rodas, nas praias ou em terreiros,
Os nativos nos embalam com músicas e cirandeiros,
Cantam versos e fazem loas, convidam o turista a dançar,
É gente simples e amiga, fazendo arte popular.

Certamente este Nordeste tem belezas que são raras,
Tem um céu todo estrelado tornando as noites mais claras,
Tem uma população gentil que sabe fazer cultura,
Deixando um grande legado para as gerações futuras.

Agora peço aos senhores que dirigem este rincão,
Zelem por nossas praias e cuidem da educação,
Para o que o visitante que vem de todo recanto,
Possa, assim, perceber da linda terra, o encanto!

E-mail do Autor: JCoutinho Amorim

(Repasse com os devidos créditos)

 





*Laur@´s Poesias




Voltar para Mensagens 1





|| Home Page || Menu Principal ||
Menu das Poesias ||




Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.



Get a MIDI Plug-in


Revisão de Texto: IZA/Sobreposição de Imagens WebShots
Webmaster & Design Iraima Bagni/Copyright © 1999 &2001 *Laur@´s Poesias®.Todos os direitos reservados.


Página editada em:12/10/2001