Sonho... Real
Luis Lêdo Motta Mello
 


Eu te chamava, calado.
Fechava os olhos e te via.
Pensando... te possuia.
Sem te ver... te via ao lado,
abria os olhos abismado...
No sonho que eu vivia
eu te chamava calado.
Fechava os olhos e te via.

Perecia ser verdade
o sonho que eu sonhava.
Cada vez mais te abraçava
parecendo realidade.
Havia sinceridade,
o gozo quando abrasava.
Parecia ser verdade
o sonho que eu sonhava...

Transmissão de pensamento?...
Estavas junto de mim.
Gemias de amor sem fim,
o prazer era sedento.
Acordei. Neste momento
o real se fez. E assim...
Transmissão de pensamento:
estavas junto de mim.

(Repasse com os devidos créditos)

 



:| Home |:| Poesias da Lêda |:| Poesias de Luis Lêdo |:|



Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!




Get a MIDI Plug-in

Créditos: Imagens: Body Photage


|| Poeta Parceiro ||



Editada em: 27/02/2004