( O Não de Papai Noel)

Luis Lêdo Motta Mello



Dependurei na janela o sapatinho.
Eu recordo do Natal daquele ano...!
Escrevi o meu pedido, até fiz plano...
Na certeza de ganhar o meu carrinho.

Dormi cedo. E no meu sonho franciscano,
Eu sonhei com o trenó ali pertinho ...
E quando as renas adentravam o meu cantinho,
Acordei.Oh, Meu Deus, que triste engano!

Concluí, ao despertar na manhã clara,
Que Papai Noel me enganara.
Fora assim na minha infância, toda ela!

Mas naquele Natal foi deprimente
Ele, além de negar o meu presente,
Carregou meu sapatinho da janela.

Pág.48 do livro LAMENTOS

(Repasse com os devidos créditos)

 



:| Home |:| Poesias da Lêda |:| Poesias de Luis Lêdo |:|



Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!



Get a MIDI Plug-in

 Sobreposição de Imagens: Webshots

|:|
Poeta Parceiro |:|
 


Página editada em:05/12/2002