Meu Reverso

Lêda Mello

Quando nossos olhos se encontraram,
Busquei as respostas que me faltavam.
E eles, fugidios, me disseram
O quanto sempre estiveste ausente.
Fomos o encontro marcado desde sempre,
Fomos metades, a noite e o dia,
Fomos a verdade e o fingido beijo,
Completos, ocos, o tudo e o nada.
Almas em busca, desde outras vidas,
Distanciadas, nesta vida, à tua vontade.
Alcançaste a mensagem do nosso encontro?
Tu e eu estivemos em sintonias diferentes,
Melodias tocadas em compassos distintos,
Almas gêmeas, separadas pelo teu desamor!

(Repasse com os devidos créditos)

 






:| Home |:| Poesias da Lêda |:| Poesias de Luis Lêdo |:|



Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


 

Get a MIDI Plug-in

 Sobreposição de Imagens: Webshots
 

|:| Poeta Parceiro |:|



Editada em: 05/04/2004