EU TE AMO

Lêda Mello


Não me perguntes porque te amo.
Não terei as respostas.
Não há porquês para o amor.
E nem preciso de porquês para te amar.
Amo-te porque te amo.

Pergunta-me como te amo!
Esta resposta terei para te dar.
Amo-te como a mulher
que encontrou o seu homem,
que não se afasta da alma que a completa,
que não se desfaz do encanto de amar-te,
porque seria como desfazer-se de si mesma.

Pergunta-me quando te amo!
E eu te responderei, simplesmente,
Sempre é o tempo para te amar.
Terna, fiel e constantemente sempre.
A cada agora. Sempre.

 

(Repasse com os devidos créditos)

 

 

 





:| Home |:| Poesias da Lêda |:| Poesias de Luis Lêdo |:|



Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


 

Poeta Parceiro



Get a MIDI Plug-in


Editada: 02/08/2004