41 a 60


(41) UTOPIA
(Maria Aparecida Macedo)

Me senti em seus braços
Sentindo o seu aroma
de flores de laranjeira
Quando de repente
acordei e vi que
era um sonho...
Quimeras vãs
Utopia...





(42)UTOPIA

(Carminho Vasconcelos)

Ai de quem não alberga um ideal
e não sabe atear do fogo a chama
de quem da vida nada mais reclama
do que a mera verdade temporal

Ai de quem escorraça a utopia
esvaziando-se de vida aos poucos
dos que nunca foram chamados loucos
porque não deram azo à fantasia

Ai de quem não consegue ver estrelas
e em redor tudo o que vê é lama
de quem por baixo seu olhar derrama
e não aponta ao alto para vê-las

Ai de quem não consegue vislumbrar
a comédia escondida sob o drama
de quem nessa cegueira chora e brama
sofrendo as suas penas a dobrar

Bendito o que abraçando a utopia
ousar distribuir a sua luz
pois desse se dirá um certo dia
que mais leve tornou a nossa cruz

Lisboa-Portugal




(43)UTOPIA
Humberto Amancio

Sonho desfeito
amor em frangalhos
quem sonhou?
Fui eu
essa utopia do amor demais.



(44)UTOPIA
Nídia Vargas Potsch

Os sonhos acalentados
em nossa mente,
fertilizados por nossa imaginação,
sonhos que redimem
um apaixonado coração,
bem que poderiam ultrapassar
a barreira da utopia
e, para nosso deleite,
virar realidade ...

22/07/2005



(45)UTOPIA
Zuleika

Sem talvez ...
mergulhei na utopia...
fiz de meu sonho, risonho,
um mundo de fantasia...
certa de, sem talvez, viver,
como minh`alma pedia...
Acordei!
Do sonho restou a luz do dia...
Lágrima escorria...

23/05/2005 JF/MG/BR




(46)UTOPIA
(TROVAS)
Leyla Gomes

Utopia o que é sonhado,
Nem quimera ou fantasia;
Só sentir que foi amado
É real como eu queria!

Utopia ou fantasia
A nada leva o amor;
Sonho que não realiza,
Botão não abrindo em flor!

PET.22.07.2000+5/17HS45MS.



(47)UTOPIA
Marly Caldas

Realmente foi uma utopia
Pensar que esse amor existia
Sonhei...
Com um amor que não me queria
Quando acordei
Entendi
Pensar que poderia
Viver esse amor
Foi mesmo uma utopia...



(48)UTOPIA
Jorge Linhaça

A utopia pinga na pia
Pinga na pia a utopia
Sonhos de pura alegria
Delírios de fantasia

Pinga, pinga, utopia
Gotas de mais valia
Pingos de harmonia
Pinga a doce melodia

Conta as gotas utopia
Que escoam no ralo da pia

Arandú,23/07/05



(49)UTOPIA
Maria Ester Torinho


Utopia é tecer irrealidades
no contraponto do dia-a-dia;
é ter a minguante por companheira
e acariciar a face da lua cheia.
e nas amargas curvas da vida
sair de mansinho e dar volta e meia.


Utopia é, sabendo-te mais que distante,
pressentir o teu cheiro no ar...
Mais que tudo, porém, a maior utopia
é, afagar a esperança escondida no sobretudo
e depois de tudo,
ainda sonhar.

São Paulo, 23/07/2005



(50)UTOPIA
Nancy Cobo

Amar e ser amado
Era o que eu queria
Sonhei que poderia
Mas na verdade
Acordei do sonho
E o que vivi
Foi uma Grande Fantasia
Utopia...

Rio de Janeiro 23/07/05




(51)UTOPIA
Angela Lara

Quem sabe este amor,
impregnado de magia,
tenha sido mais um
de tantos enganos,
nas folhas diversas
de uma vida de fantasia...

Porto Alegre/RS





(52)UTOPIA
Vilmar Pirituma

A minha utopia é amar o amor
é percorrer a longa estrada
e mesmo que no fim da jornada
o que eu tiver encontrado for o nada
A minha utopia ainda será o amor

A minha utopia está nas tardes de calor
Na madrugada
quando as almas aquietadas
mesmo que enjauladas
sentem mais a Paz de nosso Senhor



(53)UTOPIA
Valeriano Luiz da Silva

Pra falar de utopia, lembro do que escreveu TOMAS MOORE...
Que pela sua boa intenção recebeu a condenação à morte sem temor
Cuja consciência estava acima dos direitos da autoridade
Morreu apenas por não aceitar na igreja os reis serem os donos da verdade

More pregava o afastamento do espiritual dos negócios mundanos
Pela época em que viveu muita coisa foi contraditando
Escreveu "Diálogo de conforto ao sofrimento" quando estava na prisão
Disse perante o júri: "Apenas Deus é o juiz dos segredos do coração"

Veja se no mundo moderno não vivemos de utopia
Se pudéssemos muita coisa a gente mudaria
Tanta vontade de fazer algo que ao povo ajudaria
Mas só em abrir a boca alguém nos puniria...

Por isso nós vivemos mais de fantasia
Se fosse possível consertar o mundo era o que muitos faria
Tentaríamos até cessar a guerra
Para viver-se em paz na terra

Mas estes desejos e muitos outros não passam de utopia
Às vezes para proferir uma palavra pensamos será que compensaria?
Aí continuamos como O LEVIATÃ, DE HOBBES em seu contrato social...
Subordinados e punidos caso quebremos a cláusula contratual

Prosseguiremos sempre sofrendo, pois preferimos silenciar...
Pois, os erros políticos e sociais temos medo de propalar...
Continuaremos somente sonhando num mundo bom e de alegria
Cujo mundo ideal é somente utopia


Anápolis-Go, 26/01/05
valerianols@globo.com 
www.albumdepoeta.com




(54)UTOPIA
Nilson Matos Pereira

Há tempos procurava um certo vulto
De uma mulher criada em fantasia
Pensava que se a visse saberia
Ter encontrado o meu desejo oculto
Não sei agora como descrevê-la
Nem sei se um dia tal tarefa pude
Era utopia em minha juventude
Brilhando longe qual distante estrela
Acreditava que possível fosse
Apaixonar-me assim tão logo a visse
Como se prova um saboroso doce
Hoje compreendo minha idiotice
Nem percebi quando o destino a trouxe
Com seu amor repleto de meiguice





(55)UTOPIA
Ranny

Ah, como esperei por você!
Dias e dias passaram,
o amanhã sem chegar
virou passado.
Quanto tempo perdido,
não vivido por mim,
desperdiçado por nós.
Hoje me faz falta
o tempo que fiquei
esperando por você.

Rivera / Uy.



(56)UTOPIA
Lorenzo Yucatán

Olhar teus olhos no dia-a-dia,
dia a dia, adorar o teu jeito,
coração disparado no peito...
Diz pra mim que não é utopia!

Experimentar toda a alegria
de ter em ti a minha metade,
viver toda essa felicidade...
Diz pra mim que não é utopia!

Sentir no nosso amor a magia
que nos motiva para a vida
e que nos dá a mútua guarida...
Diz pra mim que não é utopia!

Tocar feliz tua pele macia,
dizer-te odes de improviso
e vidrar no teu belo sorriso...
Diz pra mim que não é utopia!

Passar pro real a fantasia;
depois do amor, dormir a teu lado;
contigo, acordar reconfortado...
Diz pra mim que não é utopia!

23/07/2005



(57)UTOPIA
Alfonsina Pais

¿Qué sería del mundo sin los sueños?
Sin esa magia que permite el soñar
la esperanza que pueda ser real
hasta la más loca de las fantasías.

Los colores no tendrían ya matices,
los sonidos serían secos golpes,
poca diferencia sentiríamos
entre el movimiento del día
y las ilusiones de la noche.
La luna y las estrellas dejarían
de ser adoradas por los poetas.
El mañana sería un muerto
aunque llegara a tiempo.
¿Qué del anhelo y la fábula?
¿Qué de la ilusión y la quimera?
El amor sería un huérfano
deambulando por la vida.

Protejamos los sueños…
Piedra libre a la imaginación…
Yo te amo… Tú me quieres…
realidad no utópica, del corazón.



(58)UTOPIA
Maria Antonia

O que são meus constantes desejos
se não uma eterna utopia?
Um eterno querer em atingir
a plenitude de todos os sonhos
apenas num piscar de olhos?
Sonhos que passam tão rápidos
para morrerem breves
pois efêmeros são
tal como é indelével o
o perfume das flores
que o vento maroto se encarrega
de dissipar rapidademente...




(59)UTOPIA
Luiza Porto

Esse seu encanto
que me encanta.
Será apenas um sonho?
Ou a realidade.
Vem e me encante




(60)UTOPIA
Theca angel

Acorda-me...
relembra-me dos doces prazeres nossos,
homem a quem a minha alma ofertei,
entregando-te meu amor.
Falo de nossas venturas e as lembranças evoco...
A mais ninguém as contarei!






|:| Voltar para Ensaio Poético |:|

 

|:| Home |:| Poesias da Lêda |:| Poesias de Luis Lêdo |:|



Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!




Imagem: Josephine Wall


|:| Poeta Parceiro |:|
 


Editada: 06/08/2005