Lêda Mello



O crepúsculo é um tempo de partilhar.
De dar as mãos e perceber
o odor suave e o frescor da terra,
a profusão de cores, criando matizes
no encontro sereno de dois mundos.
O dia que, lentamente, apaga suas luzes,
rendendo-se aos encantos
e doçuras do anoitecer.
Magia da hora em que todas as coisas
perdem suas linhas e formas,
e mergulham seu volume na escuridão.

O crepúsculo é um tempo de sentir.
De sentir a vida, de mergulhar no passado,
tocar no presente, sonhar no futuro,
encontrar-se no espaço,
viajar nos sonhos...
Momento sem tempo, sem sombras,
sem laços, sem nuvens, sem sons...
A mágica do instante
que traz todo o tempo para um tempo só.

O crepúsculo é um tempo de encontro.
De tornar-se um com todo o universo,
acender sua própria luz na suave escuridão,
fazer silêncio e escutar a noite,
abrir o espírito, entender seus mistérios,
encontrar, sem véus, o próprio coração.

(Repasse com os devidos créditos)




|:| Home |:| Poesias da Lêda |:| Poesias de Luis Lêdo |:|



Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!

 


Get a MIDI Plug-in
 

Sobreposição de Imagens: Webshots

|| Poeta Parceiro ||


Página: 22/02/2003