Buscando
Luis Lêdo Motta Mello
 
A noite assusta! Além de escura é fria...
Mas o boêmio segue na ilusão
De achar viv'alma, nesta solidão,
Que realize a sua fantasia.
 
Uma prostituta, vinda da orgia;
Outro boêmio, com um violão;
Um bar aberto, em que possa, então,
Beber das mágoas suas nostalgias.
 
Achar alguém antes que a noite acabe!...
Um abraço pago... ou talvez - quem sabe? -
Alguém somente para conversar
 
O bom seria que um amor achasse
Que como ele também procurasse
Plenos motivos de poder amar.

(Repasse com os devidos créditos)

 

LUIS LÊDO MOTTA MELLO, autor dos livros:
ESFINGE, LAMENTOS e SIMPLES RETALHOS DE VERSOS


Formatado por Lêda Yara

 

 



|:| Home |:| Poesias da Lêda |:| Poesias de Luis Lêdo |:|



Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.
CLIQUE PARA RECOMENDAR ESTA PÁGINA!


 

Get a MIDI Plug-in

Imagens: Arquivos de Lêda Motta Mello


|| Poeta Parceiro ||


Editada: 08/08/2003