Sorry, your browser doesn't support Java(tm).




Lêda Mello

 


Triste é um amor murchar pela incerteza...
O querer bem que alguém sentiu um dia
Amor bonito, farto e cheio de alegria
Vai se espraiando em rio de tristeza

Pela saudade que de tão antiga
Já nem dói tanto, como em anuência
A uma escolha feita só de ausência
E de mistérios... Sucumbe à fadiga

Aos poucos a névoa envolve aquele olhar
Nubla o sorriso, o jeito de falar,
Turva lembranças de um tempo risonho...

Perdido em brumas, vago é o recordar
E o amor, confuso, chega a perguntar
Se foi real ou se foi tudo um sonho.

(Repasse com os devidos créditos)


 

 

Envie esta Página para um Amigo(a)!
Clique na imagem abaixo.




Get a MIDI Plug-in
Poesias Irmãos Motta Mello



|| Ler Livro  || Assinar Livro ||



E-Mail

 

 

|| Poeta Parceiro ||

|| Home Page || Menu Principal || Menu Poesias ||


 Gráficos Iraima WebSites / Sobreposição de Imagens: Webshots
Lêda e Lêdo Motta Mello® Copyright © 2003 / Todos os direitos reservados
Webmaster & Design
  Iraima Bagni / *Laur@´s Poesias


Página editada em:31/01/2003