Lia de Oliveira


Escuta!
Há um silêncio profundo
que na profundidade cósmica se aquebranta
e clama pela tua voz...

Escuta!
Há um silêncio fecundo
que na fecundidade cósmica
se aquebranta
e clama pelas tuas sementes...

Escuta!
Há um silêncio obscuro
que na obscuridade cósmica
se aquebranta
e clama pela tua luz...

Escuta!
Há um silêncio sem fim
que na infinidade cósmica
se aquebranta
e clama por ti! 

(Repasse com os devidos créditos)





*Laur@´s Poesias



Voltar para Poesias Eróticas 1


|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||




Gostou desta Página?
Recomende para um Amigo!
CLIQUE NA IMAGEM PARA RECOMENDAR A PÁGINA!



Get a MIDI Plug-in


Revisão de Texto: IZA / Imagem : Jefrrei K. Bedrick/Webmaster & Design Iraima Bagni     
 Copyright © 1999 / *Laur@´s Poesias® / Todos os direitos reservados.
Editada em:01/02/2002