Walter Pereira Pimentel®


Como reter e sufocar
Dentro do peito, ao nascer,
Cada grito de alegria e de prazer
E o desejo ardente de te amar?

Quisera bloquear essa chama
Que me consome, torna minhas noites sem fim!
Ah, como entender essa paixão, assim
Distante sem poder ouvir dizeres que me amas!

Não sou nada longe de ti,
Fico abatido, me perco, vago por aí
Como um ser errante!

Por isso imploro, vem! Deixa-me ouvir dessa tua voz rouca
O convite para que colemos nossos corpos e bocas
Entregando-nos ao amor como dois apaixonados amantes!


(Repasse com os devidos créditos)

 





*Laur@´s Poesias



Voltar para Poesias Eróticas 1


|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||





Gostou desta Página?
Recomende para um Amigo!
CLIQUE NA IMAGEM PARA RECOMENDAR A PÁGINA!


Get a MIDI Plug-in


Revisão de Texto: IZA/Imagem:  "The Goddess Art of Jonathon Earl Bowser"/
Webmaster & Design by Iraima Bagni/Copyright © 2000 *Laur@´s Poesias®.
Todos os direitos reservados.
Editada em: 25/03/2001