Sorry, your browser doesn't support Java(tm).


Pedro Miranda


 

Teu corpo é cobra
quando enrolas no meu,
teus lábios mel tocando os meus,
tua pele brasa, teus seios carne,
pecado, desejo.
Teu sexo fonte, de onde vou beber,
me molhar, me limpar, me enlouquecer,
teu corpo é desejo, volúpia,
memória que nunca vou esquecer.

(Repasse com os devidos créditos)





*Laur@´s Poesias


Voltar para Poesias Eróticas 1


|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||




Gostou desta Página?
Recomende para um Amigo!





Get a MIDI Plug-in

Editada em: 17/08/1999