Ah, Mestre e Amigo querido,
Aceita esta prece de amor, gratidão!
Venho, a chorar de alegria, trazer à mente,
tua imagem divina, de luz suave e forte
envolvendo-me em vibrações de harmonia e paz
na manhã gloriosa de domingo - Ressurreição!

Ah, Mestre e Deus adorado,
Não é apenas imaginação, eu creio!
Aconchegando-me em espaços de ternura e vida
eu estava lá, naqueles dias de abandono e dor,
em amorosa expectativa, em teu Coração,
na serena certeza da ressurreição – Senhor!

Ah, Mestre e Guia amado,
Lembro as vezes em que eu te seguia, atenta!
Após o susto, crendo e acalentando a certeza
de que tua morte não mataria o amor,
meus olhos mal dormidos brilharam, em alegria
vendo-o ao meu lado a chamar – Maria!

Ah, Mestre e Filho divino,
Faz tão pouco tempo que te embalei, menino!
Agora, deixa-me, radiante, te contemplar,
depois fechar os olhos, sorrir, sonhar,
e me colocar em teus braços
em suave aconchego de luz – Jesus!

Zuleides Andrade, ascj
02/04/2003
Apóstolas on line

(Repasse com os devidos créditos)
Mensagem exclusiva do site


 






*Laur@´s Poesias



Voltar para Datas Especiais



|| Home Page || Menu Principal || Menu das Poesias ||





Gostou desta Página?
Recomende para um Amigo!
GOSTOU DESTA PÁGINA? RECOMENDE PARA UM AMIGO(A)!


Música §elva§ ( CZ )

Get a MIDI Plug-in
 


Revisão de texto: Iza / Créditos: Imagem: WebShots
Webmaster & Design by Iraima Bagni/ Niterói/RJ/Brasil
Copyright © 1999 & 2003 *Laur@´s Poesias®. Todos os direitos reservados.

Página editada em: 12/04/2001